Aos 86 anos de vida, ver seu próprio crescimento se misturar ao crescimento de toda uma cidade, construir sua história em meio a tantas outras e repassar o legado de dedicação e trabalho para duas outras gerações que, passo após passo, vem alimentando essa herança. Sem dúvida, esta é a maior riqueza do senhor José Custódio de Carvalho, comerciante e fundador da loja Fonte dos Calçados, atualmente conhecida em Lavras como Sapato e Companhia.

_MG_2373

A Sapato e Cia conta hoje com uma equipe de 14 funcionários

A primeira loja foi criada em Perdões e se chama Fonte dos Calçados até hoje, o nome é uma homenagem a um grande amigo do seu Zé, Edmundo de Campos Altos. “Foi um grande desafio no início, eu trabalhava na lavoura e queria mudar de ramo. Era tudo muito diferente. Eu contei, então, com a ajuda de Edmundo que me sugeriu montar uma loja de calçados e me orientou no trabalho de comerciante. A loja dele chamava-se Fonte dos Calçados, por isso coloquei esse nome também.” Explica o senhor José, ou seu Zé Custódio como é conhecido até hoje em Perdões.

A loja realmente deu certo, o negócio foi prosperando e possibilitou a abertura de mais uma na cidade de Lavras. Com duas lojas, o trabalho era dobrado: negociar com fornecedores, viajar para escolher os produtos, administrar dois caixas, cuidar dos estoques e gerenciar funcionários, mas todas essas atividades eram realizadas com amor e determinação. Afinal, o sonho do seu Zé Custódio era deixar o negócio para os filhos. Então, desde cedo começou a inseri-los no comércio para conhecer os processos, aprender a trabalhar e dar valor a cada conquista.

Graziela com o seu pai José Custódio de Carvalho

Graziela com o seu pai José Custódio de Carvalho

Conversando com Graziela Marques, sua filha caçula, que hoje é responsável pela Sapato e Companhia, ele relembra aqueles tempos: “Naquela época não havia tanta variedade quanto hoje, era mais fácil escolher os produtos; já existia concorrência, mas era bem menor. Mesmo assim era meu maior desafio. Usávamos muita propaganda, um aparelho de som era colocado na Kombi e panfletávamos em Lavras, Perdões e nas cidades vizinhas.” “E funcionava, não era, papai?”, Graziela comenta, divertindo-se com a lembrança.

Debaixo de dezenas de pés de jabuticabeiras na Fazenda Parnaso, propriedade do pai do seu Zé Custódio, foi fácil render a prosa. Pai e filha relembraram as transições, contaram casos sobre o famoso “fiado” e a época em que ele implantou o crediário, mudando sua forma de vender e influenciando outros comerciantes. Quando questionado sobre como se sente ao ver o que sua empresa se tornou na mão dos filhos, ele é categórico. “Sempre acreditei que as lojas alcançariam essa proporção. Sempre sonhei com isso. Minhas gerações ficaram firmes no negócio e eu me sinto muito orgulhoso disso”.

Desenvolvimento econômico, geração de empregos e modernização. Tudo isso faz parte da história das lojas e também do desenvolvimento da cidade de Lavras, cujos caminhos se cruzam diversas vezes nos últimos 50 anos.

A vida do seu Zé Custódio é uma história de sucesso, não porque suas empresas prosperaram, mas por sua paixão pelo trabalho, seu desejo de deixar aos filhos um legado e de criar pessoas que valorizam o capital humano e acreditam no potencial da região, isto foi alcançado. Para os filhos é unanimidade: “Papai é nosso herói, sempre foi nosso esteio, nosso porto seguro, tudo que aprendemos e construímos para nós e para nossas famílias, nós devemos a ele. É o nosso grande exemplo de vida”, reconhece Graziela.


Sapato e Cia

R. Dr. Francisco Sales, 58 – Centro – Lavras /MG

Contato:
(35) 3821-5020 (WhatsApp)
FB/Instagram: @sapatoecia


Por Fernanda Carvalho
Fotos: Daniel Rocha

Revista Ipê